CHÂTEAU CANTEMERLE 2011 - Haut-Médoc I Belle Cave

Château Cantemerle 2011

Ref.: FRCAN0101A11 Compra Segura

Haut-Médoc, Grand Cru Classé

  • R$ 435,00 Garrafa(s)
  • R$ 413,25 Garrafa(s)

Aproveite Também

Haut-Médoc, Grand Cru Classé
Descrição 1
Este é um dos grandes rótulos classificados em 1855 como Grand Cru Classé, na França. Sim, Château La Tour Carnet é, sem dúvida, um vinho excepcional. Além de séculos de história este exemplar nos oferece sensações maravilhosas traduzidas em nuances de canela, amêndoas, amoras e framboesas maduras, grafite e rosas. À boca se mostra fino, harmônico, com taninos redondos e delicioso frescor. Um tinto pronto para ser desfrutado mas capaz de envelhecer com louvor pelos próximos 10 anos.
Descrição 2
Aclamados no mundo, os vinhos franceses são inegavelmente incomparáveis não so pela qualidade, mas também por suas histórias. Château La Tour Carnet é um dos produtores mais antigos de Bordeaux e parte fundamental na trajetória vitivinícola de Médoc. Sua origem data à Idade Média quando ainda era chamado de Château Saint-Laurent. No século 12 serviu de fortaleza à Jean de Foix quando Bordeaux estava sob o domínio inglês. Derrotado, a propriedade voltou ao poder francês e teve, ao longo dos anos, muitos proprietários.
Atualmente pertence a Bernad Magrez – dono de outras notáveis vinícolas como: Pape Clément em Pessac-Léognan e Fombrauge em Saint Émilion um entusiasta do vinho, estudioso incansável e focado na produção de vinhos finos desde 1960. Quando o assunto é vinho francês, o nome Bernad Magrez é sinônimo de respeito e excelência.

DADOS BÁSICOS
AOC: Haut-Médoc
Safra: 2012
Castas: Merlot, Cabernet Sauvignon, Petit Verdot e Cabernet franc
Teor alcoólico: 13%
Tamanho da garrafa: 750 ml

DEGUSTAÇÃO
Cor: rubi.
Nariz: aroma abundante que remete a canela, amêndoas, amoras e framboesas maduras, grafite e rosas.
Boca: fino, harmônico, com taninos redondos e delicioso frescor.

CONSELHOS PARA SERVIR
Temperatura: 18°
Harmonização: pato confitado, massa recheada com cogumelos, Chateaubriand de mignon com foie gras, bife de chorizo com arroz, bife de tira com cebolas assadas.
Tempo de guarda: 10 anos.

PONTUAÇÃO

Robert Parker 90
Vinous 90
James Suckling 90
Jancis Robinson 15,5
Wine Enthusiast 93

Avaliações dos Especialistas
Robert Parker 90
Part of the empire of Bernard Magrez, this blend of 61% Merlot, 35% Cabernet Sauvignon and the rest Petit Verdot and Cabernet Franc is a sleeper of the vintage in 2012. Its excellent dense ruby/purple color, sweet cassis, black cherry fruit, supple tannins, medium to full body and attractive, long finish make for an impressive wine that should drink nicely for 10-15 years. It’s already accessible. This is another wine that performed dramatically better from the bottle than from barrel tastings.

Vinous 90
The 2012 La Tour Carnet is gorgeous. Dark red stone fruits, flowers and sweet spices are some of the notes that inform this soft, pliant wine. I expect the 2012 will develop a further range of exotic aromas and flavors as it develops in bottle. This is another overachieving wine from Bernard Magrez and Michel Rolland. Drink it over the next decade. -- Antonio Galloni

James Suckling 90
A soft and silky wine with currant, spice and earth character. Medium to full body, fine tannins and a fresh finish. Very pretty. Drink or hold.

Jancis Robinson 15,5
Meaty, and dark plums, expressive already. Bright, fresh and harmonious. (JH)

Wine Enthusiast 93
Barrel sample. Wood and mint aromas yield a wine that is darkly tannic, with a distinct black-coffee flavor. It's a powerful, concentrated wine with fruit hiding behind the dense structure.

  • RP 90
  • VN 90
  • JS 90
  • JR 15,5
  • WE 93
  • 1  |  R$ 525,00 /gf
  • 6  |  R$ 498,75 /gf
X

Adicionar ao carrinho


  • R$ 525,00 Garrafa(s)

  • R$ 498,75 Garrafa(s)

R$ 525,00

Saint-Julien, Grand Cru Classé
Descrição 1
Ano após ano o Château Branaire Ducru mantêm a mesma qualidade que lhe consagrou um Grand Cru, na Classificação de Bordeaux em 1855. Ícone da vinícola, este vinho seduz pela magnitude de seu conjunto. Nos brinda com aromas de frutas vermelhas doces, dama-da- noite, giz, cedro, anis, defumado e pimenta vermelha. Em boca é potente, com taninos elegantes, acidez marcada e sabor muito frutado. Sem dúvida, um vinho memorável.
Descrição 2
Em 1680, quando Jean Baptiste comprou a propriedade, ainda não havia se dado conta do valor desse magnifico terroir que é o Médoc. O solo composto, substancialmente, por cascalho e situado próximo ao rio Gironde é responsável pela mineralidade, principal diferencial dos vinhos dessa região única. Quase dois séculos depois, o Château Brainare Ducru teve seu prestígio confirmado ao ser reconhecido como Grand Cru (na Classificação de Bordeaux em 1855). Este reconhecimento exige muito trabalho e dedicação para que a qualidade se mantenha independente das mudanças do tempo.

Château Branaire-Ducru está situado no lado oposto da estrada de Château Beychevelle, sul de Saint Julien, margem esquerda de Bordeaux. Patrick Maroteaux é o atual proprietário da vinícola e tem investido consideravelmente em tecnologia de ponta para a produção de seus vinhos. Possui 60 hectares de vinhedos plantados com as castas Cabernet Sauvignon (predominante), Merlot, Cabernet Franc e Petit Verdot.

DADOS BÁSICOS
AOC: Saint-Julien
Safra: 2013
Castas: Cabernet Sauvignon, Merlot, Cabernet Franc e Petit Verdot
Amadurecimento: 20 meses em barris de carvalho
Teor alcoólico: 13%
Tamanho da garrafa: 750 ml

DEGUSTAÇÃO
Cor: vermelho rubi com reflexos violáceos.
Nariz: rico e intenso, nos remete a frutas vermelhas doces, dama-da-noite, pimenta vermelha, tostado, giz e anis.
Boca: encorpado, com taninos finos e acidez vivaz. Perfeitamente equilibrado.

CONSELHOS PARA SERVIR
Temperatura: 17° - 18° Harmonização: pernil de cordeiro assado com ervas, polenta cremosa com ragu de ossobuco, perdiz recheada, massas recheadas, charcuterie.
Tempo de guarda: 20 anos
Decantar: sim, uma hora antes de servi-lo.

PONTUAÇÃO
Wine Enthusiast 93
James Suckling 91
Wine Spectator 90
Jancis Robinson 16

Avaliações dos Especialistas
Wine Enthusiast 93
This estate has produced an impressive wine for the vintage. It balances acidity, tarry wood flavors and ripe black-berry fruits. Initially it is still showing its structure more than fruit, although this will even out as it matures. Drink from 2020.

James Suckling 91
Some currant and cooked plum character, underlying dried flowers. Medium to full body, fine tannins and a fresh finish. Balanced and pretty. Drink now.

Wine Spectator 90
This offers perfumed blackberry and black currant fruit, lined with licorice root and fruitcake notes that give way to a grippy, brambly finish. Just a touch chewy at the very end, but this should soften soon enough. Stylish overall. Best from 2017 through 2023. 12,083 cases made.

Jancis Robinson 16
Tasted blind. Deep garnet. Savoury on the nose with a touch of char and graphite. Dry, refined texture, fine tannins. Very fresh but balanced.

  • WE 93
  • JS 91
  • WS 90
  • JR 16
  • 1  |  R$ 575,00 /gf
  • 6  |  R$ 546,25 /gf
X

Adicionar ao carrinho


  • R$ 575,00 Garrafa(s)

  • R$ 546,25 Garrafa(s)

R$ 575,00